header image headerimage    
 


Comentário:
Estar em Moçambique e descobrir seus sabores, é um desafio...afinal quem não gosta de um bom prato e de sobremesas irresistíveis?


Arquivos:




Quarta-feira, Setembro 07, 2005

 
Masala ou Massala?

Conheci uma fruta conhecida como "Masala", não sei como escrever seu nome, mas sei descrevê-la com certeza. Sua casca é dura como um coco - talvez menos resistente -, e sua polpa muito me lembrou o jenipapo, seu caroço grande, coberto com fina capa, revela que uma só não basta. Tentei desvendar o sabor e como sempre, o sabor é só dela, nunca comi uma fruta com este sabor, a impressão que temos é que lá no fundo se esconde o sabor da banana, tão conhecida nossa. Adorei conhecer e experimentar...hummm, acho que quando voltar para o Brasil, vou sentir falta destes sabores novos...delicie os olhos e prepare o paladar e o coração!


"Masala" ou "Massala"



Faça agora seu comentário:


Domingo, Agosto 21, 2005

 
Comida na Zambézia...

Fui para Quelimane e não resisti...novidades na culinária? É comigo mesmo! Conheci um bar/restaurante chamado "Coquinha", o tempero de tudo que comi, uma delícia! Muito bem feita a comida, com certeza tem carinho, senão não rolava. Comi lá durante duas noites. Na primeira me rendi ao Caril de Camarão, a Mucapata, que com certeza é prima irmã do acarajé, e a Galinha à Zambeziana, que não é muita novidade por aqui, mas lá o sabor é diferente, achei mais apurado e o tempero...que delícia! Não consigo esquecer o sabor maravilhoso do Caranguejo Grelhado, foi o melhor caranguejo que comi até hoje, ele é grelhado e durante seu cozimento ele vai sendo regado com um molho de coco temperado, o que era aquilo! Lá mesmo encomendei o pão de "sura", uma aguardente que se obtém da fermentação de um líquido retirado de uma palmeira. Simplesmente maravilhoso! Super macio, bem diferente do que se come em Maputo. Agora, para quem quiser...as receitas...para você se distrair, caso se aventure nesta onda gastronônica.

Mucapata


Mucapata

Ingredientes:
1 kg de arroz
500 gr de feijão-soroco
3 cocos
1 litro de água
1 colher de chá de sal


Preparação:
Lave o arroz e o feijão-soroco sem casca. Ponham ambos para cozinhar numa panela com um litro de água e sal, durante vinte minutos.
Rale os cocos; aqueça um pouco de água (morna), coloque no coco e esprema o leite. Junte o leite ao preparado anterior.
Deixe no no fogo até que o feijão esteja cozido e até o molho secar.
Está pronto para servir.
Pode ser servido com galinha grelhada ou arroz de cabidela (veja a receita de Galinha à Manduca).
Este prato fica melhor quando preparado em panela de barro.

Galinha à Manduca

Ingredientes:
1 galinha com miúdos
1 cebola
1 xícara de arroz
Sangue de galinha
½ xícara de vinagre
1 colher de chá de sal
3 colheres de sopa de banha
Pó de piri-piri

Preparação:
Desossa-se completamente uma galinha.
Com a banha, refogue os miúdos da galinha. Quando alourados, acrescenta-se duas xícaras de água. Quando o caldo ferver, junta-se o arroz e adiciona-se o sangue misturado com um pouco de vinagre e sal.
Recheie imediatamente a galinha com este recheio, costure com um fio culinário para que o recheio não saia, unte com bastante gordura e bastante piri-piri até cozinhar.
Asse na brasa, no forno ou numa panela untada de gordura.



Caranguejo Grelhado



Este caranguejo, foi o melhor que comi até hoje. Vou dividir com vocês este prazer, e se eu fosse você anotava esta receita, vale a pena experimentar!

Ingredientes:
Caranguejos limpos
Leite de coco
Alho
Sal
Limão

Preparação:
Limpe bem os caranguejos e retire a carcaça. Reserve.
Em uma panela coloque o leite de coco, o alho e o sal, leve ao fogo e deixe ferver até reduzir um pouco. O leite deverá ficar mais expesso. Retire do fogo e leve para gelar. Antes de aplicar no grelhado, adicione suco de limão.
Leve o caranguejo para a grelha e durante o cozimento que deverá ser de aproximadamente 30 min, vá regando com o molho de coco.
Depois é só comer...e deliciar-se com um caranguejo realmente maraaviilhooso!! Você não vai se arrepender, mas não deixe de me dizer o que achou, caso faça realmente, quero sua opinião, a minha só não vale!



Faça agora seu comentário:


Segunda-feira, Junho 27, 2005

 
Atualizando...


Faça agora seu comentário:


Segunda-feira, Abril 11, 2005

 
Ontem (10/04 - Domingo), fomos à casa do Chris e da Sária e fizemos um churrasco (eu, Angelo, Gabriel, Paulinha, Nuno, Mônica e os donos da casa...Nuno e Mônica estavam chegando de Nampula e trouxeram um feijão diferente para que pudéssemos experimentar. O sabor assemelha-se ao do grão de bico. Foi cozido em água e sal e escorrido, costuma ser usado para acompanhar bebidas...

Feijão Jogo...para ser consumido, deve-se retirar a casca...





Faça agora seu comentário:


Sábado, Abril 02, 2005

 
Hoje, delícias do aniversário de dana Isaura...uma verdadeira experiência gastromômica.
o churrasqueiro...ué, cadê o Angelo?! Hoje está como convidado, nem chegou perto da churrasqueira, mas do resto...


Não deixou barato. Pegou o pato "pra pato", se atracou com ele, e não tinha quem o fizesse largar. Larga o osso!!!

o pato...

o cabrito...

Chiquinha de cacana...

Chiguinha de Cacana, anote, aí:

500gr de mandioca, descascada e cortada em cubinhos
500gr de folhas de cacana (3 ou 4 montinhos)
2 xíc. de amendoim pilado
sal à gosto

Lave bem a cacana várias vezes até que fique completamente limpa. Escolha as melhores folhas e ferva em água e sal por dez minutos. Depois, coe a água em que se ferveu e coloca-se me panela para ferver a mandioca. Junta-se o amendoim pilado e depois as folhas. Deixe ferver mais e reserve.

Pode-se usar folhas de feijão nhemba em substituição da cacana e a batata doce em substituição da mandioca.


Olha o pratinho de doces que preparei: bolo de chocolate, pudim de leite, arroz doce, bolo de banana e custarda (parece um flan)...que olho grande, assim vou explodir!!! Não é prá menos


Custarda

1/2 litro de leite
2 e 1/2 col de sopa de custarda
3 col de sopa de açúcar
canela

Ponha o leite e o açúcar para ferver por uns doze minutos. Deixe esfriar e coloque a farinha custarda sempre mexendo para não embolar. Coloque em um refratário, polvilhe canela e depois de frio, leve para gelar. Pode-se enfeitar com fruta em calda ou uva passa. O leite e o açúcar podem ser substituidos por leite condensado.



Faça agora seu comentário:


Domingo, Fevereiro 20, 2005

 
Dia 12/02, não resistí e voltei ao mercado municipal só para comprar pimentas (piri-piri) e fazer uma conserva. Agora só será preciso esperar alguns dias para que possa experimentar e ver o resultado.

Conserva de Pimenta...


Encontrei neste passeio, outra fruta que me chamou à atenção. Parecia um cacho de uvas, mas com cascas de tamarindo, sua polpa bem fina, esconde um caroço quase maior que ela. Seu sabor sutil de tamarindo, nos aproximou e me deu a sensação de sermos velhas conhecidas. Encontrada durante todo o ano, tem seu ponto alto no verão.

Chichiva, como é chamada, é bastante apreciada por aqui.




Faça agora seu comentário:


Sexta-feira, Fevereiro 11, 2005

 
Fomos à Inhambane no feriado do dia 03/02, há um dia do início de carnaval no Brasil , e como não podia deixar de ser, registramos tudo de delicioso que conhecemos por lá.
A mãe da Sária nos recebeu com um belo almoço...
Matapa com siri...e a casquinha, também de siri, servida separadamente...



Quando perguntei como era feita percebi que a matapa era feita como a Maniçoba (prato tipico de norte de Brasil, tipo uma feijoada, só que com folhas de mandioca no lugar do feijão), só que enquanto a maniçoba é preparada com folhas de mandioca brava (que por ser tóxica, tem que ser cozida durante uma semana para poder ser aplicada), a matapa ao contrário, não demora tanto a ser preparada. E seu sabor também é muito agradável ao paladar. Os Moçambicanos adoram! E nós também!
Aqui vai a receita de um tipo de matapa, na verdade existem algumas variações: de frango, de camarões, etc.

Matapa com Siri

250gr de folhas de mandioca
500gr de amendoim
1kg de siri, limpo e cozido
5 dentes de alho
3 piri-piris
4 tomates cortados em cubos
1 cebola cortada em pedaços
1 col da chá de sal
suco de 1 limão

Lave as folhas de mandioca e deixe secar. Num pilão coloque o alho, o piri-piri, o sal e as folhas de mandioca, pile muito bem e coloque em uma panela deixando ferver por uns 30 minutos. Enquanto a matapa estiver fervendo, pile o amendoim, rale o coco e retire o siri do casco. Passado os 30 minutos de fervura, acrescente os siris, o tomate e a cebola. Prepare o leite de amendoim e o de coco. Coloque os líquidos na matapa e deixe ferver, durante 1h ou 2h. No final do cozimento junte o suco de limão, retire do fogo e sirva quente. Come-se com upshwa ou arroz branco.


Alimentos Básicos

Maguinha e upshwa são pratos semelhantes na sua confecção. Maguinha (também se chama xima ou caracata) é feita de mandioca e a upshwa (também chamada de ugali) de farinha de milho. Ambos são pesados e ficam melhores quando servidos acompanhados de algum molho. Nos tempos difíceis quando falta comida ou dinheiro, especialmente na estação de seca, as pessoas comem a xima sem molho, ou então, um pequeno pedaço de peixe seco é cortado a assado e, a medida que o peixe vai cozinhando, as pessoas sentam-se a volta da fogueira e comem a xima enquanto o aroma do peixe se espalha pelo ar. Isto, diz-se, faz com que a xima se torne mais apetitosa e as pessoas se sintam mais saciadas.

Xima...


Maguinha

1 kg de mandioca seca ( 5 xíc)
1/2 litro de água

Pile a mandioca seca até virar uma farinha. Coloque a água para ferver numa panela e coloque um pouco da farinha, deixando ferver muito bem. Misture o resto da farinha mexendo com uma colher-de-pau. Este prato é bom para acompanhar Caril de galinha ou uma boa Matapa. Pode-se substituir a mandioca seca por farinha de milho para fazer apshwa

Mandioca

A mandioca é uma raiz tubércula comestível e é uma grande fonte de amido ou fécula nutricional. Quando pilada é ótima para engrossar o caril. Como substituto do arroz ou da batata, a mandioca pode ser facilmente cozida em água ou fritando-se em pedaços ou fervendo-se com água e sal, mexendo constantemente até se tornar uma pasta grossa chamada xima. As folhas também são muito nutritivas e são um ingrediente muito apreciado aqui em Moçambique.

Compramos lulas e elas acabaram virando molho para o macarrão de domingo...
Tive que registrar o tamanho da lula. Sinceramente nunca vi igual, pelo menos, as que preparei até hoje eram bem menores.
As Lulas gigantes...


Macarrão à moda gigantesca

Macarrão cochilione
Tomate picado
Cebola picado
Pimentão picado
Lula já limpa, cortada em anéis e pequenos pedaços (ou qualquer fruto do mar)
molho de tomates pronto
sal à gosto
Coentro picado
Salsinha picada

Cozinhe o macarrão e reserve.
Faça um refogado com a cebola e deixe murchar, acrescente as lulas e também refogue, acrescente os tomates, os pimentões, o molho de tomates e o sal. Deixe cozinhar por mais ou menos 5 mimutos, até que as lulas fiquem macias( mais do que isso corre-se o risco de ficarem duras), corrija o sal se for preciso, apague o fogo e acrescente o coentro picado e a salsinha. Misture com o macarrão já previamente cozido e sirva imediatamente.



Faça agora seu comentário:


Quarta-feira, Fevereiro 09, 2005

 
Nada melhor do que ir a um mercado popular para mostrar a variedade de sabores e cores. Por esse motivo, fui até o lugar que certamente poderia encontrar tudo que precisava para mostrar...

Mercado Municipal...também conhecido como Mercado Central.


Aqui pude encontrar muitas verduras, legumes e frutas que temos no Brasil, e isso me deixou muito feliz. Mas também tive a oportunidade de conhecer algumas frutas e legumes e apresentar para vocês. A variedade de cores é encantadora e as surpresas muito agradáveis.


Faça agora seu comentário:


Segunda-feira, Fevereiro 07, 2005

 
Gaçalinho...e Flores de Abóbora, ambos usados na preparaçao de ensopados.

Feijão Nhemba...

Feijão Nhemba
Existem muitos tipos de feijão em Moçambique. Alguns dos mais comuns são: feijão nhemba ou timbauene ( um feijão pequeno, redondo, beje com um ponto escuro); feijão manteiga, (um feijão do tamanho de unha do dedo polegar, branco); e o feijão soroco ou feijão oloco (um feijão pequeno, verde e escuro). A folha do feijão é chamada nhangana. O feijão normalmente precisa ser posto de molho durante a noite para se obter todo o sabor. O feijão seco triplica em volume quando cozido, deve-se utilizar uma panela grande para o cozimento. O segredo Moçambicano: enquanto o feijão está cozinhando, não se pode mexer até que acabe o cozimento. Caso contrário, se colocar uma colher de pau ou qualquer outro objeto, o feijão pára de cozer naquele ponto. O povo moçambicano e sua crenças...

Salada de Feijão

1/2 kg de feijão
1/2 chícara de salsa picada
1 cebola cortada em rodelas
1 colher de sopa de azeite de oliva
2 dentes de alho picados
Vinagre ou suco de limão
Sal e pimenta à gosto
Azeitonas pretas

Deixe o feijão de molho em água de um dia para outro. Cozinhe em água e sal até ficar macio (não deixe desmanchar). Escorra bem e deixe esfriar. Passe o feijão para uma tigela e junte todos os ingredientes. Enfeite com azeitonas e sirva.


A beleza colorida das especiarias...

Legumes...e verduras...



Faça agora seu comentário:


Sexta-feira, Janeiro 28, 2005

 
Como se come pimenta!!!
Aqui tudo gira em torno da pimenta - aqui chamada de Piri-piri -. Eu adoro! Mas quem não gosta... deve tomar muito cuidado! Em tudo colocam pimenta, até na pizza. Como não podia deixar de ser...pimenta, ou melhor, piri-piri!!!!


Mercado Municipal - Banca de piri-piri fresco...

Banca de Piri-piri seco...


Para usar como tempero, o piri-piri fresco e pimentas malaguetas devem ser cortados no sentido do comprimento e ao meio. Remova os caules e as sementes antes de cortá-los em pedaços ou em fatias finas. Lave sempre bem as mãos depois, para evitar que passe nos olhos os óleos do piri-piri, pois podem fazer mal.

PETISCOS

Molho de Piri-Piri

1 xícara de piri-piri maduro
1 colher de chá de sal
4 dentes de alho
Suco de dois limões
1/4 de xícara de óleo

Lave bem os piri-piri e macere com sal e alho. Junte o suco de limão e o óleo - para ajudar a preservá-lo -. Coloque num frasco e utilize em qualquer prato, de mariscos à verduras. Este preparo não garante a conservação por muito tempo, por isso consuma o quanto antes, e conserve em geladeira.


Tilhacana - fruto da Canana...dizem ser de sabor amargo.

Canana e Tilhacana
A canana tem um pequeno fruto que se chama "tilhacana".
Modo de preparar: Corta-se ao meio, tira-se a semente do fruto, lava-se e leva-se para cozimento, depois de cozido misture com ovos batidos. A tilhacana também fica saborosa cozida com farinha de amendoim e sal.
Dizem que as folhas de cacana são medicinais e ajudam a curar sarampo e hepatite. A água de canana é remédio para limpar a bílis e é também utilizado para purificar o sangue


PRATOS PRINCIPAIS

1/2 Frango à Zambeziana...

Galinha à Zambeziana

1 galinha - podendo substituir por frango
1 coco
1 col. de chá de sal
2 dentes de alho
1 col de chá de pimenta
1 colher de chá de piri-piri em pó
2 col de sopa de óleo

Limpe e tempere a galinha, com o sal, a pimenta, o pipi-piri e o alho. Retire o leite do coco ralado e miture às duas colheres de óleo. Asse a galinha no forno em temperatura baixa e vá regando constantemente com o molho, até que cozinhe. Na hora de servir, aproveite o molho que ficou na assadeira e sirva junto com a galinha. A galinha também poderá ser preparada em churrasqueira da mesma maneira.


Leite de Coco
Para obter o leite de coco, rale sua polpa, coloque em uma peneira e derrame um pouco de água quente aos poucos e lentamente (normalmente utiliza-se o mesmo coco duas vezes para a extração de leite). O primeiro leite é mais grosso. O coco verde não é indicado para este fim. Normalmente um coco dá mais ou menos 1 xíc da leite grosso e mais uma xíc. de leite mais líquido. O coco deverá ser espremido para obter-se um melhor resultado.

Caril de Amendoim...com carne, neste caso, costela de boi.

Caril de Amendoim

1 galinha - ou 1kg de carne
3 xíc de amendoim
3 tomates cortados
2 cebolas cortadas em rodelas
2 l de água
1 col de chá de sal

Lave e corte a galinha em pedaços. Coloque o amendoim de molho durante 1 hora. Pile o amendoim e quando estiver quase todo desfeito, como uma papa, espreme-se com água afim de obter dois litros de leite de amendoim. Ponha este leite em uma panela e leve ao fogo, mexendo sempre com uma colher de pau. Quando começar a ferver, acrescente o tomate, a cebola, a galinha e o sal. Depois de 1h retire do fogo e sirva ainda quente. Se quiser, poderá substituir a galinha por carne, carne de cabrito, peixe ou camarão. Se usar carne ou cabrito, cozinhe antes de adicionar o amendoim.


Leite de Amendoim

Existem dois métodos mais comuns para se extrair o leite do amendoim. No primeiro, pila-se o amendoim e peneira-se para se obter a farinha que deverá ser misturada com água; no segundo, (mencionado na receita), coloca-se o amendoim de molho e depois pila-se. Adiciona-se água e coa-se. Podendo usar liquidificador para ser mais rápido.

Caril de vaca indiana...e Ginga, também muito usado na preparação de caril.

O menino e o cabrito, provavelmente o bichinho vai virar ensopadinho, coitadinho do cabrito!!!


Caldeirada de Cabrito

1 kg de carne de cabrito
4 tomates cortados
1 cebola grande cortada
4 batatas cortadas em cubos
2 cenouras cortadas
1 lata de ervilhas
2 col de chá de salsa picada
1 lata de cerveja
Óleo
Alho
Vinagre ou suco de limão
Sal

Tempere a carne muito bem com alho, sal, limão ou vinagre.
Numa panela de preferência de barro, coloque o óleo e a carne, deixe cozinhar um pouco e depois acrescente a cebola e o tomate
.

Frutas Exóticas

Uma fruta chamou muito minha atenção, principalmente pela a aparência. De laranja muito intenso e vibrante, muito dura ao toque, é uma fruta que somente aparece por aqui nos meses de janeiro à março. A Mafura, como é chamada, é muito apreciada por aqui, tendo diversas combinações e maneira de fazer, vai depender apenas do gosto de cada um, mas vale a pena experimentar, diferente de tudo que já experimentei! Num primeiro momento seu sabor me pareceu famíliar, mas passada esta impressão percebi um sabor único e só dela...Mafura, uma fruta bem exótica!!!

Mafura, uma fruta silvestre...e seu creme...


Me disseram também que ela tem poder altamente calmante no caso de ser ingerida em grande quantidade, sendo ideal consumí-la antes de deitar.

Creme de Mafura

Mafura
água o suficiente para cobrí-la
açúcar


Coloque a mafura de molho na água por aproximadamente 1h, passe pela peneira separando a massa da semente, acrescente o açúcar, sua consistência é de creme, coloque para gelar. Consuma gelado. Se preferir, poderá consuimí-la como suco, acrescentando água ao creme obtido.

O Melão...fruto comprido e de amarelo mais intenso, macio ao toque, sua casca é mole. Diferente do melão que conhecemos.

Eu experimentando Mapsixa. Fruto macio e doce...



Faça agora seu comentário:

Home
Página Principal

This page is Powered By Blogger. Isn't yours?